JOINVILLE PROTESTARÁ CONTRA A CORRUPÇÃO

Notícias por RSS Compartilhar no Facebook Postado por Brümmer Advocacia, em 08/12/2011, às 09:12, na categoria Direito Administrativo,Diversos,Outros Ramos do Direito

Marcha pretende reacender campanha mantida pelo MP-SC no próximo sábado

Voto aberto no Congresso, Lei da Ficha Limpa, extinção de pensões vitalícias para governadores e os familiares deles e outros assuntos que esquentam debates são o pano de fundo da marcha contra a corrupção marcada para o próximo sábado, com saída em frente ao Fórum, em Joinville. A ação é parte da campanha O que Você Tem a Ver com a Corrupção?, idealizada em 2004 pelo promotor Affonso Ghizzo Neto, hoje titular da 13ª Promotoria de Justiça de Joinville, quando ele ainda trabalhava na comarca de Chapecó.

Em reunião com representantes de entidades que apoiam o movimento ontem, o promotor destacou a importância simbólica da marcha. “A discussão passa a ser mais percebida pela sociedade. Mas, além da marcha, temos de manter uma linha de atuação cobrando autoridades, denunciando irregularidades e trocando informações num fórum permanente”, defende. Participantes da marcha devem se concentrar a partir das 9h30 em frente ao Fórum.

A saída será às 10 horas, percorrendo a avenida José Vieira (a Beira-rio) até o ponto de retorno ao Fórum. Serão distribuídas cerca de 500 camisetas da campanha. Criada com foco em crianças e adolescentes, a campanha também se propõe a discutir dilemas éticos da população no dia a dia, e não apenas na esfera política.

O superintendente do Joinville Esporte Clube, Osni Fontan, participou da reunião para afinar a marcha ontem e prometeu apoio à campanha. “Vamos fazer a divulgação no nosso site e, quem sabe, trazer jogadores para participar da marcha”, afirma.

Cidadão pode ajudar

O juiz da 2ª Vara Criminal de Joinville, João Marcos Buch, sugeriu que a campanha mobilize os órgãos públicos de Joinville para repassar informações ao MP sobre processos disciplinares movidos contra servidores. “Muitos casos não chegam ao conhecimento do MP. Com o acesso às informações, as promotorias de justiça teriam mais elementos para fiscalizar.”

No próximos meses, os organizadores da campanha devem formular a chamada “Carta de Joinville”, com reivindicações em defesa da moralidade das cerca de 20 entidades ligadas ao movimento na cidade. A previsão é de que o documento seja entregue a autoridades em março de 2012.

Na sexta-feira, Dia Internacional Contra a Corrupção, a campanha debaterá o assunto em Florianópolis, das 9h30 às 18h30, no Teatro Álvaro de Carvalho. Políticos – entre eles, os governadores Raimundo Colombo (SC) e Beto Richa (PR) – participarão. Os painéis serão transmitidos pela TVAL.

 Fonte: A Notícia ( www.clicrbs.com.br)

Deixe seu Comentário