151 ANIMAIS MORTOS EM 35 DIAS

Notícias por RSS Compartilhar no Facebook Postado por Brümmer Advocacia, em 08/12/2011, às 09:12, na categoria Diversos,Meio Ambiente

Registro preocupa pesquisadores, que pedem fiscalização para pesca com rede

Em 35 dias, o número de animais marinhos mortos subiu de 130 para 151 entre São Francisco do Sul e Governador Celso Ramos. Por isso, o monitoramento do Litoral Norte de Santa Catarina continua sendo feito por pesquisadores da Univali. As espécies que apareceram mortas foram as de tartaruga-verde, golfinho-cinza, golfinho-pintado, toninha, baleia-jubarte e baleia-minke-antártica.

As causas, segundo o pesquisador Jules Soto, que trabalha no Museu Oceanográfico de Balneário Piçarras, é o emalhamento. Os animais caem nas redes de emalhe usadas em pesca e morrem. Já os encalhes representam apenas 7% das mortes no período.

O levantamento, que é feito há 18 anos pela equipe, reforça, segundo Soto, a importância de um ordenamento para a pesca de emalhe e alerta sobre a falta de fiscalização no litoral. Segundo ele, o que pode ser feito a partir de agora é regulamentar e fiscalizar a pesca feita em plataforma rasa, seja artesanal ou industrial. Soto diz que há urgência porque as espécies encontradas são protegidas por lei e algumas têm alto grau de ameaça.

Fonte: A Notícia ( www.clicrbs.com.br )

Deixe seu Comentário