HOMEM É DETIDO COM PÁSSAROS AMEAÇADOS DE EXTINÇÃO NO ES

Notícias por RSS Compartilhar no Facebook Postado por Brümmer Advocacia, em 22/03/2012, às 12:03, na categoria Direito Ambiental,Direito Penal,Diversos

Dezessete pássaros foram apreendidos pela Polícia Militar Ambiental em cativeiros irregulares em Viana, na Grande Vitória, na tarde da última segunda-feira. Três espécies apreendidas estão na lista de pássaros ameaçados de extinção. Já no Sul do Espírito Santo, no município de Muniz Freire, denúncias anônimas levaram a polícia a outro cativeiro.

O suspeito de manter as aves em cativeiro foi detido por crime ambiental e encaminhado para a Distrito Policial (DP) de Cariacica, na Grande Vitória. Os animais apreendidos foram encaminhados para o viveiro da 1ª Companhia do Batalhão da Polícia Militar Ambiental. Os pássaros serão encaminhados ao Centro de Triagem de Animais Silvestres, na Serra.

Muniz Freire
Pássaros da fauna silvestre nativa eram mantidas sem a devida licença de criador. Em quatro casas foram apreendidas 13 aves, sendo uma o papagaio chauá, ameaçado de extinção.

Os animais foram levados para a sede do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) de Cachoeiro de Itapemirim. Ninguém foi preso, mas foram entregues boletins de ocorrência na Delegacia de Polícia Judiciária (DPJ) de Muniz Freire.

Segundo a polícia, a pena prevista para quem mantém pássaros em cativeiro sem a devida licença é de detenção de seis meses a um ano e multa de R$ 500 por unidade. No caso de espécie ameaçada de extinção, o valor chega a R$ 5.000.

Fonte: G1

Deixe seu Comentário